Móveis descartados vão ser reformados e doados na Serra

Os móveis e eletrodomésticos recolhidos pela Secretaria de Serviços (Sese), através do projeto João de Barro, vão ser recuperados, reformados e doados para famílias carentes do município, resultado de uma parceria que foi fechada entre a Prefeitura da Serra e a Ação Solidária Adventista (ASA). O projeto já está funcionando e todos os interessados podem fazer a doação ou procurar a Sese para se desfazer de seu móvel usado.

O secretário de Serviços, Guto Lorenzoni, disse que as pessoas podem entregar os móveis e eletrodomésticos usados para o projeto João de Barro, que funciona em Novo Porto Canoa. “Basta ligar para o telefone 99503-3549 para agendar o recolhimento. No dia marcado, um caminhão passa no bairro e recolhe o móvel”, explicou o secretário.

Em seguida, o móvel que não estiver em condições de uso é descartado. Aqueles que ainda podem ser reformados são destinados para o galpão da ASA, em Vista da Serra. Ali, uma equipe de profissionais faz a reforma do móvel ou do eletrodoméstico e destina para uma família carente.

Os interessados em receber os móveis doados, depois de recuperados, podem fazer o pedido no telefone do projeto João de Barro, que encaminha para a ASA. O coordenador do projeto, Getúlio Ramos Pimentel, explicou que as famílias são cadastradas e, após um estudo social, é feita a doação.

“Podemos fazer consertos de máquinas, recuperação de móveis, colchões e outros produtos que ficam como novos. É impressionante como estes produtos, depois de entregues, podem transformar a vida de uma família pois muita gente não tem local nem para dormir hoje”, disse Pimentel.

O secretário Guto Lorenzoni acrescentou que, além dos itens que são recolhidos pelo caminhão do João de Barro, a prefeitura também pretende fazer campanhas nos bairros, recebendo material para o projeto.

Segundo ele, atualmente o projeto João de Barro recolhe o material e faz doações dos itens servíveis, mas agora o trabalho está sendo fortalecido e, por meio da parceria com a ASA, mais famílias serão beneficiadas.

Guto explicou que o trabalho não se resume a recolher e doar móveis e eletrodomésticos. “Os interessados também podem doar brinquedos, roupas e calçados. Isso é importante porque ajuda na parte ambiental, retirando das casas e das ruas o seria destinado ao lixo e ajuda as famílias carentes, que são mais de 60% da população da Serra”, resumiu o secretário.

Fonte: Site da PMS > http://www.serra.es.gov.br/detalhe-da-materia/info/moveis-descartados-vao-ser-reformados-e-doados-na-serra/43369

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE